Primeiros Passos do Empreendedorismo

Atualizado: há 5 dias

Se você chegou até aqui, é bem provável que já esteja procurando dicas sobre como empreender na internet há algum tempo e já tem uma ideia mais certinha do que quer, certo? Ok, nem tanto? Bom, sem pânico! A verdade é que não existe fórmula pra isso. Eu, por exemplo, antes de saber o que eu queria fazer (pra falar a verdade acho que eu não sei bem ainda. Só sei que não tenho um foco apenas ou uma coisa só em mente!), eu fiquei pensando muito no O QUE EU PODERIA FAZER. Primeiro de tudo, caso você não tenha uma grana guardada, não adianta pensar que vai empreender pra ganhar dinheiro. Até porque, mesmo que tenha grana guardada para isso, vai demorar um certo tempo para conseguir 'pagar' esse investimento com o próprio trabalho e isso, meu bem, não é uma coisa muito fácil.

Primeiros Passos do Empreendedorismo - @pritrelles

Pra começar, você primeiro tem que saber o que você quer fazer. Se estiver com problemas, ou com muitas dúvidas, comece pensando em algo que você gostaria de mudar, algo que você não gosta e que poderia ser melhor. Por exemplo: Um produto que você goste mas que pra ser perfeito para você, falta alguma coisinha e pense no que seria essa coisinha. Isso vale pra tudo: compras no supermercado, produtos de cabelo, de papelaria, serviços de internet, sites, blogs, roupas, calçados, acessórios, restaurantes, bebidas, festas... TUDO!


Depois que você pensou nisso, você precisa pesquisar sobre o produto, negócio ou serviço que você pensou. Pesquise o que tem no mercado, pesquise os problemas, as principais reclamações, pesquise porque ele não é perfeito como poderia ser, os problemas, as formas de fazer, quem faz, como faz, que produtos utiliza, etc. Tudo o que puder envolver esse seu negócio, o que já existe, você precisa saber tudo sobre ele.


Isso feito, é necessário pesquisar como você poderia fazer para mudar ele e caso seja possível essa mudança, precisa saber se existem outras pessoas que, como você, também gostaria que existisse esse 'produto perfeito'. No caso, pesquisar se teria público para consumir esse seu produto. Isso é essencial e extremamente importante. Até porque, qual o sentido de você criar ou inovar algo, gastar tempo e dinheiro, investir em algo que não terá alguém para consumir? Então, aqui você descobrirá se terá público e qual o seu público (acredite, muitas vezes temos em mente um público x e nem sempre esse público é o que consome nosso produto ou não é SÓ ele quem consome.)


Com o público definido, você precisa criar o produto. Fazer como você queria (nem sempre isso é possível, 100% como você queria. Muitas vezes e muitos fatores envolvem nesse processo e é ele que muitos desistem. Saiba ser flexível e se adaptar. Por vezes, precisamos inovar e alterar  nosso próprio produto para ter um resultado melhor.


Com o produto feito, definido, iniciamos a fase de testes. Nessa fase, é bacana termos amigos, parentes, conhecidos, parceiro, gato, cachorro e papagaio para testar nosso produto e recebermos feedbacks. Os feedbacks são essenciais para a vida e consumo do nosso produto. É preciso estar com a mente aberta para receber críticas (isso nem sempre é fácil, mas ninguém falou que seria fácil, né?!), mas é super necessário e importante. No começo pode ser um pouco dolorido, algumas pessoas levam para o lado pessoal, mas com o tempo a gente se acostuma e entende que esse processo é natural e se a gente não mudar nosso produto, acabou ali, né? Mudanças existem e são super válidas. E o processo de empreender nos faz amadurecer e muito!


Feita a experimentação e testagem, está na hora de mudar novamente o produto e submeter a testes e feedbacks novamente. Costumo aconselhar fazer esse processo umas 3 a 4 vezes (geralmente é o tempo necessário para o produto ficar ok para que a gente possa levar ao mercado e começar a venda, literalmente. Não que nessa fase de testes não se possa vender e receber feedbacks, inclusive é bacana até testar os preços, também, que as pessoas estariam dispostas a pagar pelo seu produto, mas existem variáveis e opiniões divergentes quanto à isso. Vai de cada um, o que achar melhor e mais válido para si e para o seu negócio.) e após isso, está na hora de ir para o mercado vender seu produto para clientes reais. Os feedbacks irão continuar aparecendo, as mudanças irão continuar sendo necessárias e por vezes até mesmo, sem o feedback dos clientes, mas por acharmos que é preciso mudar alguma coisa ou aprimorar.


Empreender é uma aventura! Um jogo de riscos. Se você não está disposto à jogar e se jogar, talvez seja melhor pensar um pouco mais. É muito melhor e '"mais fácil" quando nos aventuramos em algo que amamos e fazemos por paixão e prazer. Faz os erros e derrotas serem mais aceitáveis e necessárias para continuarmos fazendo algo que amamos e não desistirmos do nosso negócio!

Nascemos da vontade de compartilhar experiência entre mulheres incríveis e maravilhosas que já empreendem e que estejam com vontade de entrar no mundo do empreendedorismo. Somos uma rede de apoio. Com rodas de conversas, imersões, trocas de experiências e feedbacks. Acreditamos não ser necessário ter sua própria empresa para ser empreendedora e também poder ajudar nas dúvidas de negócios de quem já está empreendendo! Aqui o principal é a troca. Vem fazer parte!

  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram

Av, Panamericana, 286. Porto Alegre, RS / 91050000

girlpowerpoa@gmail.com

(51) 99182-0764

Girl Power Poa

86414232068​

Entrega dos produtos físícos em até 14 dias úteis.