Arquivo do blog

Tags

Análise de Bridgerton

Já rolou um post rápido lá no insta sobre coisas que podíamos aprender com Bridgerton e hoje vou trazer mais algumas pra vocês!

Bom, em uma sociedade patriarcal, na época em que acontece a série, esperava-se que as meninas aos 16 anos encontrassem um marido e saíssem da casa dos pais, uma vez que ao debutarem, seriam apresentadas à sociedade como moças feitas.

Na série, que conta a história da família Bridgerton, é exatamente isso o que acontece. Mas por ser um romance, existe muito apelo romântico, desde o primeiro episódio.

Análise de Bridgerton @girlpowerpoa

Daphne e Simon:


Na história, a filha mais velha da família Bridgerton, Daphne, vai debutar junto com outras moças da cidade, mas ela quer se apaixonar pelo marido. Não quer um casamento por interesses econômicos e financeiro como seria o normal -e o que o irmão dela tenta jogar na cara dela, privando ela de conhecer alguém bacana, por si só.

Eis que um jornaleco surge na cidade, falando de tudo e de todos, PORÉM: mistério... ninguém sabe quem o escreve, porque a escritora usa um pseudônimo.

Depois do primeiro début onde Daphne recebe um super elogio da rainha, é esperado que muitos pretendentes apareçam na casa dela. O que não acontece.

Pensa só, ela quer casar naquele ano, pra não ficar falada, como era o costume. E depois de até mesmo a rainha chamar a guria de 'perfeita', ninguém procura por ela. Apenas um rapaz que vem conversando com o irmão mais velho dela, e que é responsável pelo dote dela. Um cara que ela detesta e com o decorrer da história tenta abusar dela, assediar -de várias formas e inclusive, suja o nome da família.

Por essas e outras, ela faz um pacto de fingir que engatou um romance com Simon, o Duque de Hastings, sem ninguém saber sobre isso. Porquê? Como o próprio duque fala, homens desejam alguém já comprometida e mulheres largam do pé de alguém já comprometido. Exatamente o que ambos queriam. Duque queria se livrar das mães querendo casarem suas filhas e Daphne queria poder escolher o marido ideal para ter filhos e bla bla blás.

Eles conseguem enganar todo mundo, menos eles mesmos. Além de mentirem para a sociedade, Duque mente para Daphne, que não esteja apaixonado e seja louco por ela e que não pode ter filhos em função de uma promessa que fez para o próprio pai, no leito de morte, para não seguir a linhagem do pai que rejeitou ele desde pequeno, em função da gagueira dele ( e ele é um dos amigos mais próximos do irmão mais velho da Daphne, é festeiro e garanhão. Não quer compromissos e quer se ver livre das asas sociais. Mas se apaixona pela Daphne em função da convivência e por ela não ter medo dele ou do título dele). Já Daphne, mente que não quer nada com ele, enquanto sonha com ele dia e noite e tenta enganar os próprios sentimentos na tentativa de não me magoar.

Bom, o plano deu certo. Assim que a escritora misteriosa viu ambos juntos, toda a cidade também soube que eles estavam se encontrando. Assim, afastaram as mãos chatas das meninas solteiras e aproximaram os cavalheiros que desejavam passam um minuto se quer com Daphne, para que ela pudesse escolher um marido. Dentre eles, inclusive um príncipe, sobrinho da rainha.

Causaram muitos rebuliços, inclusive entre Daphne e Simon, que vendo o príncipe se aproximar, e estando apaixonado por ela, ficou entre dois extremos, por não querer outro homem perto dela e por não querer casar, pela promessa que fez ao pai, além de saber que ela quer filhos e ele não poder dar à ela.

A sociedade toda pressiona Simon, que decide por encerrar o envolvimento com Daphne e deixar o campo livre ao príncipe. Dilacerando ambos os corações, Daphne resolve se vingar, dando pano pra manga do príncipe e deixando Simon com ciúmes, se mudando na primeira oportunidade que tem. E com a notícia fatídica, Daphne e Simon não conseguem se conter e acabam se beijando. O irmão mais velho de Daphne vê a cena e resolve duelar com Simon pela reputação da irmã. Porém, o duelo não acontece, porque Daphne resolve 'obrigar' Simon a casar com ela. Ambos permanecem miseráveis diante da possibilidade de um casamento arranjado e forçado. Simon, sabendo que Daphne querias e casar por amor e Daphne, arrasada sabendo que Simon não queria passar o resto da vida com ela. Porém, ao pedir a permissão da rainha para um casamento às pressas, Simon acaba se declarando para Daphne, mostrando todo o amor e desejo por ela.

Na lua de mel, ambos discutem e entendem que se amam e não poderiam ficar mais felizes com a decisão. A lua de mel dura até Daphne descobrir que Simon pode, na verdade, ter filhos. Porém não quer, e mentiu pra ela sobre isso. Eles ficam num campo de guerra no casamento, até que Daphne acaba menstruando, provando que não estava grávida. Isso acaba com ambos, que estavam decididos a viverem vidas separadas e felizes, porém, conversam e se resolvem e decidem permanecerem juntos. E finalmente, resolvem por ter um filho e começar a própria família.


Dá pra ver aqui, com os dois, que se trazem discussões de feminismo e empoderamento. Simon respeita MUITO Daphne. É um cara mente aberta que decide se livrar das amarrar sociais. Ele só decide de encaixar no padrão, mesmo que do jeito dele, por amar Daphne, que quer a vida padrão para si e sonha com isso.



Eloise e Penélope / Sra Whistledown.


Eloise e Penélope são vizinhas e melhores amigas. Eloise quer estudar, sair da sociedade, não pretende casar e ter filhos, quer escrever viajar e sonha com a vida diferente do resto das meninas com quem convive e conhece.

Apesar de serem melhores amigas, Penélope quer entrar na sociedade, quer um marido (especialmente se for Colin, o irmão da Eloise) e filhos.

Eloise passa o tempo TODO desde que começaram os jornalecos da Sra Whistledown, da temporada da alta sociedade, querendo descobrir quem seria essa escritora, que toda a cidade lia, que conhecia todo mundo, falava de todo mundo com nomes e sobrenomes e passou a definir o destino de cada um da temporada.

Ambas tentam investigar juntas e quando se imagina que tá chegando perto, Eloise senta na graxa e vai pra bem longe. A rainha, inclusive, contrata Eloise pra descobrir a identidade da mulher, por estar falando atrocidade até sobre ela. E então, Eloise percebe que a rainha iria calar a escritora (algo com que Eloise não concorda), e por isso resolve ajudar a escritora misteriosa a fugir, mesmo sem saber da identidade dela, pra que não seja pega. Ela não vai contra os próprios princípios feministas e de empoderamento, pra permitir que a escritora possa escrever também, coisas boas sobre todos.

Penélope é Sra Whistledown, vive do lado da amiga e a outra nem sonha com a possibilidade.


Marina e Colin


Uma prima distante da Penélope chega na casa dela e descobrem depois de um mês, que ela está grávida. Acaba com a família e principalmente, com a mãe de Penélope, que além de não ser fã da menina, acaba querendo expulsar ela de casa por esse motivo. Ela tenta casar Marina com qualquer um que aparecer pela frente, mas claro que Marina não vai aceitar essa situação, até porque, o filho é de um soldado espanhol que estava apaixonado por ela, porém, na guerra. Não respondia as cartas de Marina, mas no fim descobrem que foi pelo fato de ter morrido na batalha.

Marina se joga pra cima de Colin, mas com segundas intenções, querendo casar com ele pra que ele assuma a criança, mesmo sem saber da sua condição/situação.

Penélope, por ser apaixonada por ele, resolve colocar a informação no jornaleco como Sra Whistledown e fala para Eloise que enviou a informação para a escritora divulgar. A família Bridgerton descobre e o casamento é prontamente cancelado. Colin era realmente apaixonado por Marina e diz que se ela tivesse contado a verdade, ele teria aceitado do mesmo jeito. Mas enganando e mentindo, ele não queria mais saber dela.


Anthony e Siena


Típico hétero machistinha, sabe? Ele quer que a irmã case de um jeito social perfeito, ele escolhendo o cara, toda bonitinha, que tenha o pretendente perfeito. Seria ótimo e lindo, se ele não tivesse uma amante que ninguém sabe sobre - ou que ele ACHA que ninguém sabe.

Ele faz questão de falar pra amante que existem mulheres que são dama, pra casar e precisam de proteção. E ela deixa bem claro que tem preguiça desse pensamento dele. Com toda a razão, né? Ele passa a temporada toda nesse vai e vem com ela, sem se decidir e então, ela decide por ele e manda ele pastar.

  • 15 Brazilian reals
  • 15 Brazilian reals
  • 15 Brazilian reals
  • 15 Brazilian reals
  • 15 Brazilian reals
  • 15 Brazilian reals
  • 15 Brazilian reals

Nascemos da vontade de compartilhar experiência entre mulheres incríveis e maravilhosas que já empreendem e que estejam com vontade de entrar no mundo do empreendedorismo. Somos uma rede de apoio. Com rodas de conversas, imersões, trocas de experiências e feedbacks. Acreditamos não ser necessário ter sua própria empresa para ser empreendedora e também poder ajudar nas dúvidas de negócios de quem já está empreendendo! Aqui o principal é a troca. Vem fazer parte!

  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram

Av, Panamericana, 286. Porto Alegre, RS / 91050000

girlpowerpoa@gmail.com

(51) 99182-0764

Girl Power Poa - 86414232068​

Entrega dos produtos físícos em até 14 dias úteis.